Edições anteriores

Como foi

Jornada Internacional de Cosmiatria é sucesso de público

Evento consolida de vez seu espaço no calendário brasileiro de encontros dermatológicos  

Reunidos para prestigiar a XVIII Jornada Internacional de Cosmiatria da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, palestrantes, dermatologistas e especializandos vindos de todo o Brasil e outros países, ansiavam pelo começo desse evento que, edição após edição, conta com um público cada vez maior.

Para uma plateia de mais de 800 pessoas no Centro de Convenções SulAmérica (centro do Rio de Janeiro), às 9h do dia 27 de julho, Dr. Omar Lupi (RJ) iniciou os trabalhos, agradecendo a presença de todos e comemorando o fato de ex-alunos da Policlínica estarem na Jornada de forma massiva.

Depois, foi a vez da Dr. Andréia Mateus (RJ) assumir o microfone, lembrando o crescimento do evento ao longo dos anos e celebrando a parceira na coordenação com o Dr. André Braz (RJ), ex-aluno da Policlínica que, segundo a doutora, é uma espécie de “papa da cosmiatria”. Andréia aproveitou sua fala para convocar os colegas de trabalho a participarem de um abaixo-assinado contra as normas rígidas do Conselho Federal de Medicina (CFM), que inviabilizam que médicos façam publicidade e propaganda que acharem necessárias ao exercício da profissão. O ato político arrancou aplausos dos presentes.

Falaram, em seguida, os doutores Marcelo Molinaro (coordenador de cosmiatria da Policlínica Geral do Rio de Janeiro há 11 anos) e André Braz. Cada um, à sua maneira, também agradeceu à plateia pela presença no evento e comentou sobre a importância de ir à Jornada. “É muito importante vir à Jornada, pois o dermatologista precisa se atualizar e qualificar constantemente”, comentou o Dr. Marcelo.

Passada a fase de abertura, a primeira palestrante é chamada ao palco para o início do bloco sobre flacidez corporal. A especialista Roberta Bibas (RJ) discutiu, através de exposição de caso clínico, como o Sculptra e a radiofrequência conseguiram devolver à paciente um abdômen bem próximo ao que ela tinha antes da gravidez. Também palestraram a respeito das alterações do corpo as dermatologistas Patrícia Gurgel (RJ) e Flávia Ravelli (SP).

O período da manhã, foi composto, ainda, por um outro bloco de palestras.  Nesse novo arco, as aulas se preocuparam em mostrar como a dermatologia é necessária para cuidar do rosto das pessoas. Com os celulares em mão, os presentes não paravam de registrar as imagens e os vídeos que ilustravam os momentos de aprendizagem.

Já à tarde, o terceiro e último bloco do dia veio para complementar as aprendizagens anteriores. Esbanjando recurso tecnológico, as palestras sobre preenchimento demonstraram a fundo diversos tratamentos à base de ácido hialurônico e outras terapêuticas. Destaque para o Dr. André Braz que, com muita didática e bom humor, ensinou e entreteve durante as suas três apresentações.

Após um dia inteiro de aprendizado, um maravilhoso coquetel (patrocinado pelo laboratório Vichy), ao som de música boa, integrou todos os participantes da Jornada e deixou a certeza que cada parte do evento foi pensada com carinho pela comissão organizadora.

A mesma interatividade observada no dia anterior entre palestrantes, moderadores e plateia, estendeu-se para a sexta-feira (28/07). Houve debates em cada bloco e a troca de experiências fomentada pelos mesmos enriqueceu ainda mais a Jornada.

Laura Alfie, dermatologista argentina, foi a especialista internacional do segundo e último dia de palestras. A médica falou sobre COfracionado para tratamento da incontinência urinária e retração da flacidez vaginal, assegurando que o procedimento é seguro, minimamente invasivo e indolor. A conversa foi bastante pedagógica.

As palestras que integraram o Simpósio Multidisciplinar sobre Rejuvenescimento Íntimo (reservado ao período da manhã do segundo dia de evento), expuseram como o tratamento genital acaba impactando a autoestima, a vida social, laboral e sexual das mulheres. Úrsula Metelmann (RJ), enquanto discursava, afirmou que, em determinados casos, o laser de Erbium pode devolver a rugosidade, o brilho e a cor natural da vagina da paciente.

Apoiada pelo laboratório Pierre Fabre, a iniciativa do Instituto Protetores da Pele (IPP) contemplou, com um prêmio homônimo, o projeto desenvolvido pelo médico-dermatologista Fred Bernardes (SP).  Trata-se de uma cartilha sobre como os pescadores devem cuidar da pele e quais medidas precisam ser tomadas em caso de acidentes com animais marinhos.

O prêmio Protetores da Pele, aliás, de agora em diante fará parte das próximas edições da Jornada Internacional de Cosmiatria. Outras curiosidades, também atreladas ao Instituto Protetores da Pele, referem-se ao fato do IPP contar com um estande em evento pela primeira vez e ao selo de qualidade que leva o nome do Instituto, atestando a eficácia e segurança de determinado produto. O repelente Bite Free – do laboratório Silvestre – foi o primeiro produto a conquistar essa certificação.

Também durante o horário do almoço, o professor da Policlínica Dr. Milton Nasser Filho (RJ), falecido há poucos meses, foi lembrado em homenagem póstuma pela pessoa querida que era e pelos anos de serviços prestados.

O público, após espairecer em visitas aos estandes e saborear a gastronomia carioca nos restaurantes do Centro de Convenções SulAmérica, retornou cheio de energia para anotar as informações que iam desde tratamentos com toxinas botulínicas às novidades em cosméticos capilares no bloco final dedicado às terapêuticas.

Entre um intervalo e outro, os cursos práticos realizados no sábado seguinte (29/07) ao último dia de palestras do evento, eram divulgados. Eles foram ministrados no Hospital Casa de Portugal.

O período da tarde reservava, ainda, outro momento especialíssimo: o aniversário do Dr. Omar Lupi, que completou 50 anos na sexta-feira do evento.

A comissão organizadora aproveita para dar parabéns também a todos os dermatologistas que ajudaram a abrilhantar essa Jornada que, há quase duas décadas, já nasceu grande.

Se você procura crescer profissionalmente, anote aí na sua agenda: de 3 a 5 de agosto de 2018, acontecerá a XIX Jornada Internacional de Cosmiatria. Não perca!

Galeria de fotos

Depoimentos em vídeo

 

 

 

Como foi

Após a série de cursos pré-congressos que aconteceram ontem, a expectativa era grande para o início oficial da II Jornada Internacional de Cosmiatria & VIII Jornada de Cosmiatria da Policlínica Geral do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira, 7/10. Alguns minutos antes da abertura, congressistas vindos de diversas partes do Brasil já se encontravam no local para pegar suas credenciais e garantir o melhor lugar no auditório do Centro de Convenções SulAméricas.

Às 9h, o dr. Omar Lupi, diretor do Instituto Protetores da Pele, que coordenou a organização do evento, abriu a jornada dando boas vindas aos congressistas, juntamente com a dra. Andréia Mateus e o dr. André Braz, coordenadores do evento.

“Fico muito contente de estar aqui e poder dar esse approach ainda mais internacional para a Jornada, para mim é uma honra muito grande”, disse o Dr. André Braz, que também coordenou o primeiro bloco, “Drug Delivery: Microagulhamernto, Laser ablativo fracionado e outras técnicas”.

No bloco seguinte, “Cosméticos/Terapêutica”, o dr. André Braz assumiu o púlpito para falar sobre maquiagem terapêutica. A palestra, muito didática, foi conduzida de forma leve e descontraída, como é peculiar ao doutor, frequentemente levando a plateia às gargalhadas.

As palestras da manhã seguiram abordando assuntos relevantes da cosmiatria com o bloco “Tecnologias de ponta em flacidez”, e foram encerradas com o simpósio organizado pelo laboratório Merz, com participação da palestrante internacional Dra. Tatjana Pavicic, da Alemanha. A atividade contou com tradução simultânea.

A parte da tarde foi reservada para o bloco “Couro Cabeludo e Haste Capilar”, que foi dividido em quatro partes. A convidada internacional do bloco foi a Dra. Antonella Tosti, da Itália, referência internacional em doenças do cabelo e do couro cabeludo. Na sala lotada, com cerca de 800 participantes, todos registravam em seus blocos e em seus aparelhos celulares cada detalhe, especialmente as informações compartilhadas pela especialista sobre eflúvio telogênico crônico e cílios e sobrancelhas.

O bloco trouxe, ainda, muito conhecimento sobre cosmiatria capilar e couro cabeludo afro-étnico, finalizados com uma aula sobre atualizações em alopecias, ministrada conjuntamente pelo Dr. Rodrigo Pirmez e a Dra. Antonella Tosti, assunto que promoveu bastante debate entre palestrantes, moderadores e plateia.

Ao fim do primeiro dia de aula, a certeza é de que esta edição do encontro superou as expectativas tanto dos organizadores quanto dos presentes. Além do grande número de participantes, as aulas geraram grande interesse e interação entre plateia e palestrantes.

Galeria de fotos

Depoimentos em vídeo

 

 

Como foi

O segundo e último dia da Jornada começou de uma forma diferente: ao redor do salão, era possível notar uma presença muito grande de malas. Congressistas de várias partes do Brasil estavam chegando para o último dia de palestras no Centro de Convenções SulAmérica, de onde seguiriam com destino às suas cidades. Representantes do Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e de diversos estados do Nordeste reuniram-se no Rio de Janeiro para o último dia de atualização e aprendizado com grandes nomes da cosmiatria.

Com papel e caneta na mão e atenção voltada para o telão, os congressistas lotaram a casa logo no início do primeiro bloco do dia, “Dermatoses com comprometimento estético”. Poucos minutos depois, já era difícil encontrar uma cadeira vazia no auditório.

As aulas deram prosseguimento com o bloco “Flacidez facial e corporal/Gordura localizada”, no qual doutora Tatjana Pavicic, da Alemanha, abordou o ultrassom microfocal Ulthera. Também muito aguardada, a sessão “Toxina e preenchimento”, ministrada com extrema didática pelo doutor André Braz, apresentou dicas práticas valiosas e compartilhou técnicas recentes sobre o tema. Com as aulas dos doutores Mauricio Sato, Ada Trindade, Tatjana Pavicic, Maria Alice Gabay e Thais Sakuma, o bloco adquiriu a configuração de um curso completo, abordando técnicas de preenchimento para todas as áreas da face.

Para substituir o doutor Rodrigo Ferraz, que infelizmente não pôde comparecer, o doutor André Braz assumiu o púlpito para a aula “Contorno mandibular e mento”. Antes de iniciar a aula, no entanto, o doutor se reuniu com a plateia para uma selfie onde todos mandavam um “joinha” de apoio ao dermatologista ausente.

Ao fim do evento, a grande plateia se reuniu para uma “super-selfie”. Era o fim desta histórica edição da Jornada, que reuniu cerca de 800 pessoas durante dois dias de bastante debate e troca de conhecimentos sobre assuntos atuais da dermatologia bastante recorrentes nos consultórios dermatológicos.

“Estou muito feliz com o sucesso do evento. Tivemos um público incrível, interessado, que interagiu e tirou dúvidas. Espero rever todos no ano que vem”, festejou a doutora Andréia Mateus, coordenadora do evento.

A próxima edição da Jornada já tem data marcada: 5 e 6 de agosto de 2017. Até lá!

Galeria de fotos

Depoimentos em vídeo